A expectativa da manhã desta segunda é  que o grupo ligado ao deputado Fernando Mineiro entre com pedido de impugnação de algumas urnas, teoricamente, “boas” para o grupo da deputada Fátima Bezerra.
A expectativa da manhã desta segunda é que o grupo ligado ao deputado Fernando Mineiro entre com pedido de impugnação de algumas urnas, teoricamente, “boas” para o grupo da deputada Fátima Bezerra.

Pelo menos no papel, a eleição para o Diretório Estadual do PT teve um desfecho e o candidato Olavo Ataíde, apoiado pela deputada federal Fátima Bezerra, é o novo presidente do partido no Rio Grande do Norte.

O portalnoar.com teve acesso a planilha das votações que demonstram a maioria de Olavo, com uma vantagem de nove votos sobre o atual presidente do PT/RN, Eraldo Paiva – apoiado pelo deputado estadual Fernando Mineiro.

Foram 2.013 votos para Olavo, contra 2.004 para Eraldo.

Com uma vantagem tão pequena, é bem verdade que essa planilha não signifique o fim da discussão sobre quem, realmente, ganhou as eleições. Algumas lideranças apoiadoras de Eraldo, por exemplo, reclamam de irregularidades na eleição.

O vereador de Natal, Fernando Lucena, por exemplo, revelou na noite de hoje (12) que, apesar de ser um dos fundadores do PT no Estado, não pôde votar na eleição. “Acho que isso será decidido pela Executiva Nacional”, comentou o parlamentar.

Desde o início do manhã, quatro pessoas que compõem uma espécie de comissão flutuante se alternam na análise e conferência de votos e situações consideradas anormais para uma eleição.

A comissão é composta por quatro pessoas, sendo duas ligadas ao grupo de Mineiro e duas ao de Fátima. Os integrantes dela variam, mas o número permanece inalterado.

Do Portal No Ar