Médica Cubana à diretira da foto ao lado da prefeita Suely será apresentada a população de Jardim de Angicos
Médica Cubana à direita da foto ao lado da prefeita Suely será apresentada a população de Jardim de Angicos

A médica cubana Jamileth Perez Cruz, de 34 anos, primeira profissional da saúde enviada ao município de Jardim de Angicos pelo programa federal Mais Médicos, será apresentada à população da cidade no final de tarde desta sexta-feira, 1º de Novembro.

Na parte da manhã, a médica foi recepcionada em Natal pela prefeita Suely e a secretária de saúde do município Cristina Baracho e já está a caminho do Município onde irá conhecer sua Unidade de Saúde e a sua nova equipe de traba4lho.

A expectativa da prefeitura de Jardim de Angicos é que a médica cubana comece a trabalhar na próxima semana. Só é preciso aguardar a autorização da Conselho Regional de Medicina (CRM). Por enquanto Jamileth passará por treinamentos.

Em conversa pelo facebook, a Secretária de Saúde Cristina Baracho, destacou que a médica ficará cem por cento a disposição do município e por isso, não pode ter qualquer tipo de vínculo com outros trabalhos no Brasil.

Para a prefeita Suely este é um passo importante para garantir uma saúde de qualidade à população. “Nossa equipe está comprometida e empenhada para conseguir trazer estes profissionais para Jardim de Angicos ”, registra a prefeita, acrescentando que está feliz por receber a cubana.

Segundo informação apurada pela reportagem do Prof.Sezimar, pessoas que acompanharam a chegada da cubana aprovaram a nova médica e afirmaram que ‘toda a ajuda é bem vinda’.

NOTA DO PORTAL(Prof.Sezimar)

Que a médica seja bem vinda e tenha sucesso em mais esta missão que lhe foi dada. Lembramos que estes médicos cubanos, apesar de serem considerados como os melhores do mundo fazem isso por amor a profissão, ao contrário de muitos profissionais brasileiros.

3
COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Comentários estão fechados.