suepeita de raptar bebe (Foto: Blog do Vandinho)
Maria Eliane Souza das Chagas, de 24 anos, confessou ter raptado (Foto: Blog do Vandinho)

Maria Eliane Souza das Chagas, de 24 anos, confessou ter raptado a criança Helena Vitória de 4 dias de nascida, segundo ela em depoimento à Polícia Civil, ela planejou tudo, começou a dizer que estava grávida e que a gravidez era de alto risco, pediu para ir dormir na casa da mãe da recém nascida pedindo que a mãe da criança não deixasse a menina na cama e a colocasse no berço, quando a mãe da criança acordou ela não estava mais e entrou em desespero.

A população de Santa Maria, começou a procurar a raptadora, o caso foi parar em toda a imprensa do rio grande do norte, então ela raspou uma parte da cabeleira da criança para tentar enganar as pessoas e a mãe, sentindo pressionada psicologicamente pelo que fez, colocou a criança em um saco de supermercado e colocou do lado de uma casa que ela teria alugado, uma vizinha desta casa de nome de Ivanilde, professora e dona de casa ouviu o forte choro da criança e chamou o seu marido e viu que a criança estava se sufocando no saco e ficando arroxeada, quando ela levou para a casa de uma vizinha que tinha uma criança também recém nascida.

Keliane em casa com Helena Vitória (Foto: Ely Suelen Vicente/Arquivo pessoal)
Keliane em casa com Helena Vitória (Foto: Ely Suelen Vicente/Arquivo pessoal)

Ao ver a situação de uma mãe está amamentando na calçada, despertou a polícia civil averiguar quando falava com a mãe da suspeita, chegando até a mulher que amamentava, constatou-se a suspeita de que era a criança, a civil disse é esta menina que estamos procurando, a mulher falou que a vizinha havia encontrado ela ao lado de uma casa e chorava de fome e por isso estava amamentando.

A Polícia Civil e Militar fizeram diligências para prender a suspeita Maria Eliane Souza das Chagas e encontraram ela desmaiada em sua casa seminua, foi levada para o posto de saúde de Santa Maria onde a população revoltada queria lincha-la, a PM e a Civil interviram e a trouxe para São Paulo do Potengi para ser autuada em flagrante delito.