Secretária de Saúde Cristina Baracho com os agentes Comunitários de Saúde de Jardim de Angicos (Foto: Sezimar)
Secretária de Saúde Cristina Baracho com os agentes Comunitários de Saúde de Jardim de Angicos (Foto: Sezimar)

Muitas palmas, saudações e alegria marcaram o início deste mês para os agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias de Jardim de Angicos. O piso nacional da categoria (R$ 1.014,00) foi sancionado pela Prefeita Suely Fonseca. Hoje, os agentes de saúde ganham o correspondente a um salário mínimo (R$ 724).

A publicação saiu no dia 15 de Setembro no diário oficial dos municípios o projeto de lei 408/2014 aprovado pelos vereadores e que autoriza o Executivo a pagar o piso salarial dos agentes, que há muito tempo, era reivindicado pela categoria.

Antecipando-se a essa Portaria, o Município encaminhou para a Câmara Municipal no final do mês passado um Projeto de Lei que assegura o piso nacional de R$ 1.014 aos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e aos Agentes de Combate às Endemias (ACE), em cumprimento à Lei Federal nº 12.994/2014.

Com a aprovação do projeto na última semana, Jardim de Angicos se consagrou como um dos primeiros municípios do Rio Grande do Norte a fazer cumprir a determinação nacional recém-aprovada.

Com essa medida, o Governo Municipal demonstra, mais uma vez, o compromisso com as melhorias salariais para ambas as categorias, preservando acima de tudo a qualidade dos serviços à comunidade.

Para a prefeita Suely, o momento representa uma importante conquista para estas categorias. “É um momento também de renovação do compromisso de buscarmos melhores resultados, com mais crianças vacinadas, mais jovens, idosos e gestantes melhor acompanhados. Assim, teremos um salto cada vez mais positivo nos indicadores de saúde do nosso município”, reforçou.