Eleição da Câmara de vereadores de Poço Branco pode desmoronar
Eleição da Câmara de vereadores de Poço Branco pode desmoronar

Parece que estavam só esperando a eleição estadual passar para soltar na rua o que todo mundo ficou sabendo: A antecipação da última eleição para presidente e demais cargos da mesa diretora da Câmara, ficou sob suspeita.

Pelo menos é o que vem sendo defendido, por quem analisou o regimento interno da Câmara de Vereadores. E, segundo consta, neste documento não há lei que autorize a eleição em um único turno e antecipada, como ocorreu. Portanto, estaria a eleição da última mesa diretora, sem respaldo legal.

Em contato com o blog, o mentor político da família Cândido, o empresário Hallyson Fernandes (Preto Cândido), disse que a eleição que tornou a vereadora Fernanda Cândido presidente da Câmara para o segundo biênio, foi uma decisão da maioria dos vereadores.

Blog – Preto, o que há de verdade nessa história da eleição da Câmara?
Preto – A verdade é que a maioria dos vereadores decidiram que Fernanda seria a presidente da Câmara.
Blog – Mas isso que estão comentando, que a eleição não teria legalidade…
Preto – Há muita maldade sendo espalhada.

Resta saber, se alguém vai pedir a anulação da eleição. E sendo esse o caso, se o Juíz vai querer anular.

Com a eleição cancelada, aí sim, são outras questões que entram em jogo… O quadro zera e qualquer um dos vereadores pode se tornar o novo Presidente, inclusive, o próprio Edi Carlos (PROS) que havia aberto mão do seu sonho em detrimento da viabilização de Fernanda.

Poço Branco blog