Milhares de fiéis católicos na procissão de Nossa Senhora Mãe dos Homens
Milhares de fiéis católicos na procissão de Nossa Senhora Mãe dos Homens

A cidade de João Câmara parou nesta segunda-feira(8) para reverenciar a sua padroeira Nossa Senhora Mãe dos Homens. O ponto alto do encerramento das festividades religiosas foi a Procissão com a imagem de Nossa Senhora Mãe dos Homens que este ano teve um formato e percurso diferente atraindo milhares de fiéis católicos.

A procissão aconteceu no início da noite com os fiéis conduzindo tochas acesas dando uma luminosidade ao evento. A procissão saiu da Matriz pela rua 29 de outubro, passou pela rua Deputado José Arnaud, pegando a BR 406, entrando pela antiga rua da Esperança, descendo pela Rua José Severiano da Câmara, Praça Baixa Verde, rua Padre João Maria e terminando no largo Monsenhor Lucena, onde houve a Benção do Santíssimo.

Em seguida o descerramento das bandeiras, dando por encerrada a Festa da Padroeira Nossa Senhora Mãe do Homens que este ano teve uma grande participação dos fiéis católicos durante toda a programação iniciada no dia 8 de novembro com a peregrinação da 1º imagem de Nossa Senhora Mãe dos Homens pelas capelas. Foram quase 30 dias de atividades religiosas.

Outra novidade foi a instalação de uma réplica de uma locomotiva da rede ferroviária Federal, simbolizando as primeiras celebrações realizada dentro de uma locomotiva por ocasião da implantação da Estrada de Ferro quando ainda não existia igreja em João Câmara.

Milhares de fiéis participam da procissão com imagem de Nossa Senhora Mãe dos Homens
Milhares de fiéis participam da procissão com imagem de Nossa Senhora Mãe dos Homens

2
COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
  • moro em são luis/ma, mais adoro minha cidade natal joao camara,todos os dias acompanho as materias de vanzinho, assis silva e prof. zezimar.

    abraço,

    antonio ventura

Comentários estão fechados.