Servidores do Deoclécio farão paralisação(foto: Sindsaúde)
Servidores do Deoclécio farão paralisação(foto: Sindsaúde)

Os servidores do Hospital Deoclécio Marques, em Parnamirim, farão um ato público e uma paralisação de advertência de uma hora nesta quarta-feira, 22 de abril, a partir das 10h. O protesto foi aprovado na assembleia da campanha salarial do estado e faz parte de um calendário de atos públicos nos hospitais.

O principal motivo da paralisação é a sobrecarga de trabalho e a falta de pessoal no hospital. Cerca de  58 profissionais recém-nomeados deixaram o hospital ou pediram para sair do estado, por conta da falta de condições de trabalho. A saída destes profissionais conseguiu tornar ainda pior o trabalho dos servidores.

A situação está insustentável. Os corredores estão o tempo todo lotados de pacientes, e as macas já viraram leitos oficiais, com cartazes com os nomes dos pacientes colados ao lado de cada uma. O cenário é de um hospital de guerra.