Carro do universitário Máximo Augusto foi encontrado na manhã desta terça (5) (Foto: Ranniery Sousa)
Carro do universitário Máximo Augusto foi encontrado na manhã desta terça (5) (Foto: Ranniery Sousa)

O carro do universitário Máximo Augusto, de 23 anos, foi encontrado na manhã desta terça-feira (5) no bairro de Candelária, na Zona Sul de Natal.

O veículo estava próximo da Delegacia de Plantão e foi localizado por policiais militares que receberem uma denúncia anônima.

Máximo foi visto com vida pela última vez na madrugada da sexta-feira (1º) ao sair da boate Vogue, que também fica em Candelária.

Ele entrou no carro acompanhado de um homem com capacete. No sábado, a família procurou a polícia para informar que o jovem estava desaparecido. Já na tarde do domingo (3), o corpo foi achado.

Estava nu, com marcas de espancamento, estirado à beira de uma estrada de terra na zona rural de São Gonçalo do Amarante, na região Metropolitana da capital.

INVESTIGAÇÃO

A Polícia Civil acredita que há mais de uma pessoa envolvida na morte do universitário. Uma câmera filmou o estudante entrando em um motel acompanhado do principal suspeito do crime na madrugada da última sexta-feira (1º), dia em que o jovem desapareceu e não foi mais visto com vida.

Fonte: G1 RN