Veículo do estudante Máximo Augusto (Foto: Alberto Leandro)
Veículo do estudante Máximo Augusto (Foto: Alberto Leandro)

Agentes da polícia técnica do ITEP realizaram uma busca no interior do veiculo tipo Pálio que pertencia ao universitário Máximo Augusto, morto no último final de semana. O carro foi encontrado no bairro Candelária, na manhã desta terça-feira (5). Dentro do veículo, a equipe de peritos encontou roupas masculinas e muita areia nos tapetes. O som e o step foram levados pelos criminosos.

De acordo como o delegado Fábio Rogério, que preside o inquérito que apura a morte do jovem, a expectativa agora é o resultado da perícia criminal que já foi iniciada e tem um prazo de 24 horas pra ser concluída. “Essas informações técnicas que surgirão com o resultado da perícia certamente irão ajudar bastante nas investigações”, disse.

O veículo foi guinchado até a rua onde funciona a Dehom e ficará no local até a conclusão dos trabalhos. Fábio Rogério disse ainda que vai ouvir nas próximas horas duas amigas do universitário para colher dados que ele considera importante para uma linha investigativa.

Fonte: Portal no Ar