Mobilização realizada pelos professores ontem, 30, em Natal – Foto Lenilton Lima
Mobilização realizada pelos professores ontem, 30, em Natal – Foto Lenilton Lima

Professores do Rio Grande do Norte realizaram ato de protesto pelo Dia da Greve Nacional da Educação ontem, 30. A mobilização foi iniciada, durante a tarde, com concentração na Av. Rio Branco, em Natal. A atividade fez parte da 16ª Semana Nacional em Defesa e Promoção da Educação Pública, convocada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e teve como objetivo reivindicar melhorias nesse segmento.

Os profissionais protestaram contra o não atendimento por parte do prefeito de Natal aos direitos funcionais da categoria e reivindicaram a valorização dos trabalhadores da Educação; melhoria da escola pública e a construção dos planos municipais e estaduais de Educação. Os professores também se manifestaram contra o Projeto de Lei 4330 que trata das terceirizações.

De acordo com a coordenadora do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN (SINTE-RN), Fátima Cardoso, quase 100% das escolas paralisaram as atividades devido à mobilização, mas apenas cerca de 1.000 pessoas participaram do ato realizado ontem.

“Durante o movimento, explicamos à sociedade a importância dos Planos de Educação. Também nos posicionamos contra a terceirização, que acarreta prejuízos para os trabalhadores, economia e favorece a corrupção. Além disso, protestamos contra uso do fundo previdenciário pelo Governo do Estado, o que pode comprometer o sistema de aposentadoria dos servidores da educação”, disse a coordenadora.