Prefeita Suely e a professora Maria Assioles (Foto: Sezimar/Arquivo)
Prefeita Suely e a professora Maria Assioles (Foto: Sezimar/Arquivo)

Na manhã deste sábado, 06, a prefeita de Jardim de Angicos divulgou nota de pesar pelo falecimento professora Maria das Graças Assioles de Souza, 64 anos, conhecida por Maria de Chico, falecida na noite desta sexta-feira, 5 de junho.

O velório está sendo realizado em sua residência no centro de Jardim de Angicos, RN. O sepultamento está marcado para hoje às 17h, no cemitério público de nossa cidade. A prefeita também decretou luto oficial de três dias.

NOTA DE PESAR

A Prefeita de Jardim de Angicos, Suely Fonseca, vem através desta lamentar a partida repentina de uma ilustre cidadã, Maria das Graças Assioles de Souza, que dedicou boa parte de sua vida para a Educação neste município.

Dona Maria de Chico como assim era conhecida, marcou toda uma geração de alunos em nosso município, exercendo um excelente trabalho principalmente no incentivo a cultura.

Hoje, a Prefeitura está de luto e rende suas homenagens a esta grande mulher, filha, esposa, educadora e, sobretudo realizadora de educação de qualidade.

À família transmitimos nossas sinceras condolências e sentimentos de pesar pela partida de um ser humano tão especial para todos. Que Deus, com sua infinita bondade, possa confortar a todos pela grande perda.

Jardim de Angicos, 06 de junho de 2015.

Suely Fonseca Bezerra de Liuma
Prefeita de Jardim de Angicos

HOMENAGEM DA PREFEITA

O dia 05 de junho de 2015 é uma data em que sentimentos se unem na História do querido município de Jardim de Angicos.

É um dia especial de reflexão sobre a vida, mas, principalmente, sobre a partida de uma grande mulher Jardim Angicanense que se tornou uma personagem, de maneira tão incisiva, que marcou o coração de todos, para sempre. Esta data é marca na Educação de Jardim de Angicos, porque assinala o desfecho de um grande sonho idealizado, planejado e concretizado por uma jovem que se tornou professora, amiga, deixando a sua marca permanente de uma grande Educadora.

A construtora dessa história, que está escrita na vida de todos nós, chama-se MARIA DAS GRAÇAS ASSIOLES DE SOUZA – uma predestinada de raízes Jardim Angicanense que fez de sua vida uma luta de dedicação permanente ao povo de sua terra.

Uma jovem que não apenas sonhou, mas estudou e trabalhou com sacrifício e determinação para que as suas aspirações culturais não fossem apenas sonhos, mas a maior de todas as realidades.

“Maria de Chico” foi uma professora resoluta; uma mãe de família dedicada e disciplinada; genial, sábia, inteligente, realizadora e visionária; uma amiga das horas difíceis. Deixa-nos para nós um rastro de exemplo e de saudade.

Primeiro, agradeço a Deus pelo Dom de sua vida nessa terra onde agiu sempre como uma guerreira espalhando a Ética, empregando a Justiça e buscando o desenvolvimento de nossa cidade. Depois agradeço ainda a Deus por ter me permitido conhecer-te por tantos anos. O nosso convívio foi bastante salutar. Sou testemunha de que cumpriu tua missão, tanto no trabalho como na família e na sociedade. Foi um exemplo de Mulher batalhadora!

Em criança me ensinaram que quando uma pessoa morria, uma nova estrela no céu aparecia. Ouve-me prezada companheira, quero ver tua estrela no céu brilhar, tal qual você brilhou aqui na terra! Até mais! Aqui ficaremos todos nós que fazemos uma cidade pelo qual trabalhou para deixá-la melhor, mais digna, mais humana. Nós, teus amigos, estaremos cumprindo o resto de nossa missão até a Vontade do Pai Eterno também nos chamar…
Descanse na paz do Senhor!