Numar combate matança de animais marinhos em Touros, RN

474

A falta de estrutura para fiscalizar o uso de redes de emalhe em área proibida é um grande desafio da NUMAR, ong que tenta conter a mortalidade de animais marinhos no litoral tourense, onde são mortos em média, cinco animais por dia.

Neste último sábado, 9, os monitores foram acionados para a missão de registrar mais uma chelonae mydas conhecida por “tartaruga verdadeiro”, que havia sido encontrada morta na praia de Cajueiro, medindo 1,7 metros.

Os animais recolhidos passam por exames que comprovam a morte por asfixia, causada pelo empalhamento em redes de pesca.

Esta semana, foi dado início a um trabalho de conscientização junto aos pescadores da área, para que seja evitado à morte dos animais marinhos.(Touros 1501)

FONTETouros 1501
COMPARTILHE