O meios de comunicação noticiaram que o prefeito afastado de Macau – RN , Kerginaldo Pinto, teria tentado se matar após mais de cem dias na prisão no quartel do Comando Geral da Policia Militar.

O fato teria o ocorrido no final da tarde de ontem (18), mas Kerginaldo foi socorrido a tempo a uma unidade de Saúde da capital.

Kerginaldo Pinto foi detido por suposta interferência na operação Maresia, que aponta um desvio de R$ 2,5 milhões dos cofres públicos. Ele estava detido no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar.

COMPARTILHE