Suely e assessores participam de capacitação da CGU realizado em Natal

No encontro foi lançado o Painel Municípios, um portal que traz informações coletadas pela CGU sobre a gestão de cada município.

Prefeita Suely e assessores no evento da CGU realizado em Natal (Foto: Sezimar)

A prefeita de Jardim de Angicos, Suely Fonseca, participou na tarde desta segunda-feira (6) em Natal, junto com a Secretária de Administração e Planejamento, Malu Queiroz, o controlador do município Humberto Júnior e a tesoureira Adriana Câmara, do evento “Município Transparente” promovido pela Controladoria geral da União (CGU), com objetivo de orientar os prefeitos eleitos e reeleitos sobre a correta aplicação dos recursos públicos federais. Na ocasião, estiveram presentes representantes de 102 municípios do Rio Grande do Norte.

A capacitação abordou temas como: licitações, orçamento público, o uso de recursos federais, entre outros, e teve início com uma mensagem em vídeo do presidente em exercício Michel Temer. O ministro da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU), Torquato Jardim, também fez sua participação através de vídeo, e falou sobre os programas federais que disponibilizam recursos para os municípios.

Os participantes foram orientados sobre medidas de aperfeiçoamento da gestão; de prevenção e combate à corrupção; e de incentivo à transparência das informações públicas e gastos governamentais.

Para Suely Fonseca, que está em seu segundo mandato frente à prefeitura de Jardim de Angicos, o evento foi importantíssimo e de grande valia: “É sempre uma oportunidade pra gente se reciclar. É como dizem: conhecimento nunca é demais”, afirmou.

Secretária de Administração e Planejamento, Malu Queiroz, controlador do município Humberto Júnior, Prefeita Suely Fonseca e Tesoureira Adriana Câmara (Foto: Sezimar)

Painel Municípios
No encontro foi lançado o Painel Municípios, um portal que traz informações coletadas pela CGU sobre a gestão de cada município. O site permitirá aos prefeitos e a qualquer cidadão encontrar informações sobre relatórios de auditorias e fiscalizações já concluídas; valor de transferência de recursos federais; convênios celebrados com a União; denúncias recebidas; operações especiais; e relação de empresas declaradas inidôneas. A ferramenta buscará apoiar a gestão municipal e permitir à sociedade colaborar com o controle das ações dos seus governantes.

Prefeita Suely e assessores no Encontro Município Transparente, promovido pela CGU Em Natal (Foto: Sezimar)(Foto: Sezimar)